"Do nosso amor a gente é quem sabe..."

Amor é raiz, sabe?
É árvore antiga
Rugas. Linhas de expressão
Amor é morada fixa
É caça palavras marcado
É mapa da cidade desconhecida traçado

Amor é fotografia que congela a paz e a agonia
É navio em maré mansa
Laço amarrado no dedo que evoca lembrança
É bonança. Âncora.

Amor é pão de queijo que acaba de sair do forno
É raiva que acaba em gozo
É certeza. Dúvida
Birra. Tudo

Não se ama as qualidades
Muito menos os defeitos
Nem o gosto do beijo
Não se ama a paz
Nem o medo ou desespero
 O que se ama, meu amigo, é o ser humano
Por inteiro!


Amor à família
Amor aos amigos
Amor ao próximo
Amor às coisas simples da vida
Amor próprio

AMOR

Era uma vez um texto irônico e escroto igual a um país

Eu estava tomando banho e pensando na copa, veja que cenário sensual. Pensando na copa e na pergunta "copa pra quem?", pensando na copa e lembrando das inúmeras obras inacabadas no Recife, todas feitas na mesma hora por causa desse evento, pois se o objetivo fosse a melhoria do nosso trânsito e qualidade de vida teriam sido feitas há muito tempo e uma de cada vez, te juro, essas obras estão engarrafando a minha vida! Mas já me acostumei, obras no Brasil só começam em datas comemorativas: ano de eleição, dia da mentira, copa. Copa, uma prova daquele velho cenário pão e circo!

"Ah, que menininha cheia de mimimi, quer seguir a modinha de ser contra a copa, blá blá blá, lepo lepo..."
Pois ai é que o mundo se engana, eu amoooo futebol e principalmente jogos da nossa querida seleção brasileira, todos os amistosos e jogos das copas passadas estava eu lá torcendo, chorando, gritando; ainda lembro em 2009, quando soube que o Brasil sediaria a copa de 2014, eu fazendo planos com o meu avô de juntar dinheiro para ver a seleção no campo.

Isso será impossível. Meu avô teve um problema de saúde e só foi feito um exame mais profundo para descobrir o que ele tinha (depois de uns 2 anos sendo socorrido) quando chegou na UPA gritando que iria morrer de dor, realmente morreu 15 dias após tal exame. Pois é, o Brasil tem uma saúde de merda, pessoas morrem nos corredores esperando atendimento, aqui tem pena de morte e se você for pobre está na lista, só esperando seu momento. Mas MINHA GENTE, esse ano tem COPA, você quer mais o quê?

Estudei em escola pública também e não foi nenhuma que era modelo de num sei o que não. Era aquela que tinha mais aula vaga que papel higiênico no banheiro, aquela em que os livros didáticos eram dados em maio, que o mesmo assunto era dado em todo o ensino médio, professores desrespeitados e ameaçados na frente de todos, condições precárias de ensino, sem água para beber nem descarga na privada, você era ameaçado de morte, bombas eram colocadas no banheiro, etc. E NÃO VENHA DIZER QUE OS ALUNOS ERAM MARGINAIS E MAL EDUCADOS, TEM TODA UMA QUESTÃO SOCIAL POR TRÁS DISSO, NÃO SEJA ESTÚPIDO! Mas enfim, que mal tem isso, não é mesmo? A copa é um investimento!

Para entrar no curso de Psicologia na UFPE fiz quase mágica, pois não tinha muita base nas matérias específicas para a prova da Covest. Ainda hoje luto bastante para ter o respeito do meu lugar, pois não há nada mais elitista que uma universidade pública. O ambiente também não é um dos mais agradáveis, o povo vive sendo sequestrado e assaltado, as condições dos prédios são péssimas, os professores não tem o devido reconhecimento e eu já peguei uma greve de 4 meses que me desestimulou até o talo, pra não dizer outra coisa... Ah, por causa da Copa não terei aula nos dias dos jogos na Arena Pernambuco, pois minha 'quirida' Universidade será usada como estacionamento do evento. HAHAHA Aula pra quê? educação nunca foi uma prioridade mesmo!

"Poxa como essa menina é revolucionária, já a vejo gritando 'VEM PRA RUA' na Copa e etc".
ERRADO. Sabe o termo 'público'? Pois é, a gente não se reconhece nele, e é nosso! Dinheiro nosso, onde pagamos impostos até por um peido que soltamos na rua. Mas eu cansei de falar sobre isso, tentem entender a relação disso com a frase entre aspas a cima!

Enfim, companheiros e companheiras, a verdade é que o povo preguiçoso foi condicionado a ser brasileiro, se é que alguém me entende!

Se não segues teu discurso, que cubras tuas próprias vergonhas.

"Eu tive que ir embora mesmo querendo ficar..."

Mesmo que eu te ame, que eu te amo muito, eu nunca pude e nunca poderei amar por nós dois. Não poderia tanto assim.

Mesmo que as tuas palavras empalideçam e engavetem o meu coração, não poderei libertá-lo jogando a chave fora, o que posso fazer é deixar a gaveta aberta.

Mesmo que diante de ti as palavas me invadam e eu perca a minha nitidez, prometi tornar tudo preto e branco. Mas eu amo tons de cinza.

 Mesmo que as tuas exclamações me coloquem frente a várias interrogações e me preencham de uma vontade enorme  de escrever vários parágrafos e capítulos, mesmo diante de tanta inspiração, eu ainda assim desejo transformar e empacotar tudo em um ponto final.

Mesmo diante dos teus olhos que ainda hoje refletem quem sou, eu escolho calar, eu cedo tarde o teu lugar. Teus olhos confusos - as vezes ainda - confundem o caminho correto.

E mesmo diante da tua graça e do teu sorriso que ainda fazem eu me sentir em casa, que ainda hoje afagam a minha alma, eu decidi partir. Já está ficando tarde, eu tenho que ir embora...






O abismo que é pensar e sentir

Sabe aquele vazio? sim, aquele que em determinadas situações faz você se sentir oca, aquele que muitas vezes é preenchido de angústia, que faz parecer ter uma mão segurando forte o coração. Aquele que faz você questionar e duvidar da sua existência. Faz odiar a todos. Faz você abrir mão, nem que seja por minutos, dos sentimentos bons da vida. Faz você agir sem pensar em busca de caminhos que te levem às satisfações imediatas, mas ai você percebe que o caminho não é reto e que, na verdade, você se encontra no meio de um labirinto...

Sabe? então, preenchi o meu vazio com o entendimento de que ele nunca vai ser preenchido e, depois disso, me tornei mais eu. Tornei-me tornando-me - se é que isso pode ser dito dessa forma. É porque percebi que as pessoas só vivem para resolver os problemas e quando resolve um, já arrumam mais três e reclamam do seu vazio, do vazio dos outros e das situações que nem estão ao seu alcance. Canse.

A mim só restou viver esse vazio. Só restou viver os momentos labirínticos de mim. E pude perceber que é tão mais legal escutar música, fazer um texto ou olhar às estrelas do que ficar com certas atitudes que me empoçam, limitando minhas bordas. O bom é ir além das bordas. Me permiti transbordar.

Labirintos devem ser explorados.
Não se perca no meio do caminho!


"De tanto eu te falar
Você subverteu o que era um sentimento e assim
Fez dele razão pra se perder
No abismo que é pensar e sentir..."

http://www.youtube.com/watch?v=g_qMOCaLyv8

"É só lembrar que o amor é tão maior..."

Ontem e hoje eu vi uma série de comentários sobre a homossexualidade que me deixaram triste, comentários esses que dizem ser fundamentados na bíblia, que juram serem vazios de opiniões pessoais. As pessoas que amam outras pessoas do mesmo sexo foram chamadas de abominações, pecadores, filhos do diabo, etc; e o que mais me doía era ler: "não sou eu que estou dizendo isso, é Deus" ou então: "eu amo o pecador, mas abomino o pecado". E ainda "tal atitude é pecado  leva à morte".

Eu não vou comentar o que eu acho da bíblia, das religiões, ou desse tipo de gente que escreve isso (não estou generalizando as religiões nem as pessoas, só o tipo de gente que fala algo desse patamar, se você fala ou pensa assim, estou falando de você). Só quero dizer que doi saber que pessoas com esse tipo de argumento serão futuros psicólogos, professores, etc... desculpa, mas doi e eu preferiria que você tivesse outra profissão.

Deus discrimina a homossexualidade como abominável? Como um pecado que leva à morte? e porque eu não consigo acreditar nisso? Acredito que Deus esteja muito ocupado com os verdadeiro problemas do mundo para ser desse jeito ai. Com tanta gente morrendo de fome, com tanta gente morrendo por nada, com tanta gente morando na rua e sendo tratada como lixo, gente que nunca teve a oportunidade de mostrar ao mundo seu valor, com tanta gente sendo desrespeitada, com tanto vazio enlouquecedor, será mesmo que Deus está condenando pessoas que amam outras pessoas do mesmo sexo?

Eu não consigo e não vou acreditar nisso!

O engraçado é que eu ouvi de uma pessoa - evangélica e que tem os mesmos argumentos citados acima - que a vontade que tem ao ver um casal gay é de bater bem muito neles. Achei linda essa demostração de respeito e amor ao próximo. Talvez não seja pecado bater em um pecador pelo seu pecado.

Outro dia minha tia me disse: "Amanda não adianta fazer o bem indo nos hospitais e fazendo os outros rirem
se você não segue a palavra - ou o caminho - de Deus". Eu respondi que não faço o bem com o objetivo de ir para o céu, faço só pelo amor mesmo, é suficiente (para mim).

Desculpa, mas o  meu Deus não é assim. Eu não consigo acreditar em um ser assim. E se isso significa que eu vou para o inferno, tudo bem, vou encontrar muitos amigos e pessoas que admiro por lá!

Eu acredito mesmo é no amor, sabe? Na verdade das nossas ações, nas nossas atitudes frente às necessidades dos outros. Acredito no olhar de reconhecimento e cuidado, não acredito no olhar de condenação e desprezo. Não concordo com a frase "tudo é permissão de Deus", Deus não permitiria a falta de amor, Deus não permitiria o sofrimento. "Deus é amor, mas é justiça", veeelho Deus é perfeito demais para ser vingativo e qual é o critério usado por Deus para permitir que um ser durma em uma cama e outro na rua? e não me diga que Deus atua através do mistério.

Está na hora de levantar a bunda do sofá e parar de justificar suas ações medíocres com frases feitas para a vida não ser questionada!

E não concordo com a homossexualidade assim como não concordo com a heterossexualidade, não tem o que concordar, sabe? Sempre fui a favor do amor!

Tenho muitos preconceitos também, muitos, mas a diferença entre mim e as pessoas com os argumentos citados acima é que os MEUS preconceitos,  SÃO MEUS! Não uso Freud, Batman ou a Musa do Calypso para justificá-los.



"É só lembrar que o amor é tão maior..."